Últimas notícias

DICAS! Concurso de Nível Médio para a UFRN, salário de R$ 2.904,96

Concurso público para Assistente em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Norte


ufrn 2018 concurso

Conforme noticiado pela Folha Dirigida, a UFRN publicou Edital ofertando vagas de diversos níveis para carreira técnico-administrativa (TAE). 

O principal atrativo do concurso, como esperado, é o cargo Técnico-administrativo Nível D - Assistente em Administração, com salário de R$ 2.904,96 (incluído o auxílio-alimentação). 

Ao longo desse artigo darei dicas sobre o assunto para quem deseja prestar o concurso para esse cargo. 

A primeira dica que te dou é ler esse artigo que publiquei recentemente:

5 dicas imperdíveis para o dia antes da prova!




É sério, você não quer fazer sua prova sem ler as dicas que dei nele! Também publiquei outros artigos que podem ser interessantes pra você, dependendo do caso... fico muito feliz caso dê uma olhada:

O que é um concurso público? Como prestar um?

Como trabalhar e estudar sem surtar

Problemas familiares e os estudos

O que faz um Assistente em Administração nas Universidades Federais?

Quanto ganha um Assistente Administrativo numa Universidade Federal?


Ah, além disso, caso você também esteja interessado em prestar concurso para outras Universidades Federais, acompanhe o panorama dos concursos previstos nesse artigo. Para saber sempre das atualizações do blog, não deixe de curtir a página no facebook.  


Me ajude a alcançar 10.000 seguidores no Instagram (@guydiown), para que eu possa divulgar links por lá também! Ajudando na divulgação do meu trabalho você me possibilita continuá-lo!

Dito isso, voltemos ao concurso da UFRN 2018.

Os links para a notícia original e para o edital do concurso - na íntegra - estão no final da postagem. Abaixo, o cronograma do concurso público:




assistente ufrn



Basicamente, você precisa saber do prazo que tem para estudar e das matérias que cairão na sua prova. Esse é o primeiro passo antes de se aprofundar em detalhes do seu Edital. 

A prova trará 50 questões objetivas e uma redação. As provas objetivas serão divididas da seguinte forma: 10 questões de língua portuguesa, 10 questões de legislação e 30 questões de conhecimentos específicos. 

Meu Deus, Guydion... redação? Sou péssimo nisso!

Calma! Assista a esse vídeo para clarear um pouco a mente:  

COMO FAZER UMA REDAÇÃO NOTA MIL EM 2 PASSOS





Um canal excelente sobre redação no youtube é o da Débora Aladim. Você com certeza vai curtir o conteúdo. Também recomendo que faça pelo menos duas redações semanais e, se possível, tenha alguém para corrigi-las. 

Se você não conhece nenhum professor que ofereça o serviço, conheço alguns online. O único recurso que usei sobre o tema foi o Redação Perfeita, do Qconcursos. Recomendo! 

Agora, vamos falar das matérias que cairão na sua prova:


Língua Portuguesa - 10 questões

1. Organização do texto.
1.1. Propósito comunicativo.
1.2. Tipos de texto (dialogal, descritivo, narrativo, injuntivo, explicativo e argumentativo).
1.3. Gêneros discursivos.
1.4. Mecanismos coesivos.
1.5. Fatores de coerência textual.
1.6. Progressão temática.
1.7. Paragrafação.
1.8. Citação do discurso alheio.
1.9. Informações implícitas.
1.10. Linguagem denotativa e linguagem conotativa.

2. Conhecimento linguístico.
2.1. Variação linguística.
2.2. Classes de palavras: usos e adequações.
2.3. Convenções da norma padrão (no âmbito da concordância, da regência, da ortografia e da acentuação gráfica).
2.4. Organização do período simples e do período composto.
2.5. Pontuação.
2.6. Relações semânticas entre palavras (sinonímia, antonímia, hiponímia e hiperonímia). 


Legislação - 10 questões

1. Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990 – Regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais.

2. Lei nº 9.784, de 29 de janeiro de 1999 - Regula o processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal


Conhecimentos Específicos - 30 questões 



1. Características básicas das organizações, natureza, finalidade, evolução, níveis e departamentalização; Funções do processo administrativo: planejamento, organização, direção e controle.

2. Técnicas de arquivo e controle de documentos: classificação, codificação, catalogação e arquivamento de documentos.

3. Relações Humanas no Trabalho e Liderança: O papel do gestor, estilos de liderança, elementos da comunicação na organização, fatores que influenciam na motivação (hierarquia de necessidades de Maslow e fatores higiênicos e motivacionais de Herzberg).

4. Noções de Direito Constitucional e Administrativo: princípios da administração pública (conceitos e aplicações dos princípios previstos no caput do art. 37 da Constituição Federal de 1988); processos administrativos (Lei Federal n° 9.784/99); improbidade administrativa (Lei Federal no 8.429/92).

5. Qualidade no Serviço Público: ferramentas de gestão da qualidade (ciclo PDCA, SERVQUAL, 5S, fluxograma, diagrama de Pareto, diagrama de Ishikawa, folhas de verificação, histograma); Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA (gestão de processos no governo, simplificação administrativa, carta de serviços ao cidadão, Decreto Federal 9.094/2017, Instrução Normativa nº 1/2010).

6. Elementos de Redação Oficial: aspectos gerais da redação oficial, o padrão ofício (partes do documento, aviso e ofício, memorando), exposição de motivos, mensagem, correio eletrônico, parecer; orientações do Manual de Redação da Presidência da República.

7. Conhecimentos básicos em Administração de Patrimônio, Materiais e Logística: compras e contratações públicas (legislação sobre licitações), coleta de preços, gestão e controle de estoque, distribuição de material, inventário de bens patrimoniais.

8. Administração Financeira e Orçamentária: o processo orçamentário (plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias, lei orçamentária anual, lei de responsabilidade fiscal); classificação das receitas e despesas públicas; matemática básica e cálculos financeiros básicos: porcentagem, juros simples, razão e proporção, fluxo de caixa (taxa interna de retorno, valor futuro e valor presente); gestão de custos.

9. Noções de Informática: conhecimentos básicos de sistemas operacionais para computadores (Windows e Linux); manipulação de arquivos e pastas; tipos de arquivos e suas extensões; procedimentos de backup; Windows Explorer; Microsoft Word 2010 em português (conhecimentos básicos; edição e formatação de textos); Microsoft Excel 2010 em português (Conhecimentos básicos; criação de planilhas e gráficos; uso de fórmulas e funções; configurar página; impressão; formatação; obtenção de dados externos). Navegadores web (Internet Explorer, Firefox e Chrome; mecanismos de busca avançada no Google); Power BI Microsoft.




Mãos à obra! 


Agora que você já está ciente das matérias que deverá estudar, é só se programar e iniciar os estudos!

Mas não pense que as dicas acabaram, tenho mais algumas para você!

Para quase todas as matérias específicas (as partes que envolvem administração geral e pública) eu indico que você consiga algum material da Profª Giovanna Carranza. 

Estudei através de aulas dela quando passei em 1º lugar para o mesmo cargo, só que da UFRRJ, em 2015. Se você quer saber como foi essa jornada é só clicar no menu "sobre mim" lá no topo da página :D


Deixa um joinha lá no youtube, vai?


Para Arquivologia, estudei na época pelo material do professor Renato Valentini. Uma grande vantagem é que, provavelmente, você encontrará todo o conteúdo gratuitamente no youtube e em artigos pela internet, é só dar aquela pesquisada...

Uma dica boa para quem estuda português é: leia bastante. Isso não só porque sua interpretação textual melhora, mas porque o simples contato constante com as palavras (principalmente com as dúbias) te fará acertar questões de gramática, mesmo que não domine 100% da teoria envolvida no enunciado. 

Por esse motivo, é importante que tome cuidado com o que lê. Essa leitura que falei, como exercício, há de ser feita em lugares confiáveis. Você não quer armazenar uma palavra com grafia incorreta no cérebro, não é mesmo?




Sobre a parte de informática eu não recomendo que estude a parte teórica. A não ser que tenha objetivos futuros relacionados com a área, que o faça por curiosidade ou para treinar português, como disse há pouco. Isso porque as questões de informática podem exigir conhecimentos como "atalhos de teclado" e outras coisas que você não vai decorar lendo. 

Então, recomendo que use e abuse de seu computador (ou de um que tenha disponível por perto, caso não tenha um) e resolva muitas questões. Muitas, tipo, milhares ^^

O que eu recomendo fortemente que estude para informática são as fórmulas e funções do Excel. Essa parte você precisa dominar, compreender... não simplesmente decorar. 

Acredito que com essas dicas você já tenha um bom norte para estudar a parte de noções de informática.

Concluindo


A tarefa de passar num concurso público é árdua, mas não é impossível. A única coisa entre o agora e o termo de posse assinado é a quantidade de esforço que você está disposto a fazer para chegar lá. 

Como prometido no início do artigo, seguem o link da notícia na Folha Dirigida e o Edital completo do concurso da UFRN 2018. Caso reste alguma dúvida, é só me perguntar aqui, no youtube ou no instagram!

Se você nunca estudou para concursos ou se está há muito tempo se estudar, recomendo que assista a esse vídeo meu: 

  



Se você está se preparando para concursos públicos, a melhor maneira de otimizar seu tempo é estudar com eficiência. Quer se tornar um concurseiro de alto nível? Indico fortemente o livro do Fernando Mesquita: Ciclo EARA - O processo da aprovação. Para saber mais é só clicar na imagem abaixo: 





Até a próxima,Fui!

. . . 


4 comentários:

  1. Você é 10!, estou começando agora a me aventurar nos concursos, e suas dicas vão me ajudar bastante. Irei fazer o da UFRN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que felicidade, Joyce!
      Desejo que tenha um resultado excelente!
      Volte aqui depois, pra contar como foi..
      bjs

      Excluir
  2. Também estou inscrito, sou de Recife. Venho de alguns concursos e espero que seja esse o meu. Obrigado pelas dicas e poste mais coisas, agradecemos por isso !!!

    ResponderExcluir
  3. BOA NOITE, ESTOU VENDO QUE ALGUNS CARGOS DE TÉCNICO ADMINISTRATIVO- ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO NÍVEL D,ESTÃO PEDINDO EXPERIÊNCIA DE NO MÍNIMO 1 ANO NA ÁREA, COMO A PROVA DA UFF, GOSTARIA DE SABER SE ISSO É UMA TENDÊNCIA PARA AS PRÓXIMAS PROVAS DE UNIVERSIDADES FEDERAIS OU SE É SÓ ALGUMAS QUE PEDEM MESMO. OBRIGADO.

    ResponderExcluir